banner_immuno2018
20 maio, 2018 • 9:00 Enviado por IBA FMRP-USP

Células T γδ: um novo link entre imunidade e termogênese

 

Por: Luis Eduardo Alves Damasceno e Leonardo Lima dos Santos (Doutorandos IBA/FMRP-USP)

 

Editora: Luciana Benevides

 

O tecido adiposo (TA) é formado principalmente por adipócitos, mas também é composto por fibroblastos, células endoteliais e diversas células imunológicas. Dentre estas, as ILCs, iNKTs, macrófagos ativados alternativamente (MAA) e células T reguladoras (Tregs), importantes para a manutenção da homeostase tecidual [1]. Existem dois tipos principais de TA, o branco e o marrom, os quais são especializados em estoques de lipídios e com a termogênese, respectivamente [2].

Em trabalhos anteriores, já havia sido descrito que a citocina IL-33 e as células Tregs eram importantes para  a homeostase do TA [3] e a termogênese [4].  E ainda, que apesar das Tregs serem importantes para a homeostase do TA em animais jovens, quando envelhecidos, esta população celular aumentava, em número,  gerando um quadro de resistência a insulina. No entanto, os mecanismos envolvidos com a produção de IL-33  e com o aumento das Tregs no TA eram desconhecidos.

Kohlgruber, A. C. et al. (2018) [5] mostraram que TA visceral é rico em células T γδ, compreendendo uma população de células residentes com alta expressão de PLZF, um fator de transcrição importante para a aquisição de características inatas desses linfócitos. Por meio do uso de animais knockout para PLZF, observou-se uma redução significativa dessas células no TA. As célulasT γδ carecem da expressão de CD27, o que permite uma alta produção de IL-17A e TNF em detrimento de IFN-γ. De modo interessante, o acúmulo de células T γδ ocorreu concomitantemente com o aumento de Tregs FOXP3+ ao longo do processo de envelhecimento. Mecanisticamente, os autores descobriram que a produção de IL-17A e TNF pelas células T γδ é essencial para estimular as células estromais pdpn+ IL-17R+ do TA a produzirem IL-33, importante para manutenção de Tregs do TA. No mesmo estudo, os pesquisadores evidenciaram ainda que células T γδ medeiam a termogênese realizada pelo TA. Nesse contexto, observou-se que animais knockout para T γδ e/ou IL-17 apresentaram diminuição na geração de calor e gasto energético, cujo fenômeno foi associado à uma baixa expressão de UCP1, uma proteína mitocondrial importante para dissipação do calor e HSL, envolvida na lipólise. In vitro, observou-se que IL-17 e TNF foram capazes de estimular o aumento da expressão dessas moléculas em adipócitos diferenciados (Figura 1). De forma inédita, esse trabalho caracterizou uma subpopulação residente de linfócitos T γδ do TA, abrindo novas visões sobre a importância de células imunológicas na regulação de processos fisiológicos.

Figura

Figura 1. Papel de células T γδ na homeostase de Tregs e termogênese no tecido adiposo. Células T γδPLZF+ produtoras de IL-17A e TNF residentes do tecido adiposo foram descritas como importantes para dois aspectos fisiológicos desse tecido. Durante o envelhecimento estas células se acumulam concomitantemente com Tregs FOXP3+ST2+. Assim, a IL-17 é capaz de estimular células estromais Pdpn+ a produzirem IL-33, importante para manutenção e expansão das Tregs do TA. Além disso, estas células produtoras de IL-17 e TNF mostraram-se capazes de induzir termogênese via estimulação dos adipócitos diante exposição ao frio, aumentando a expressão de moléculas fundamentais para este processo, como Ucp1. Fonte da imagem: Papotto, P. H.; Silva-Santos, B. Nature Immunology 19, 427–429 (2018)

 

Referências

  1. Brestoff, Jonathan R. et al. (2015) Immune Regulation of Metabolic Homeostasis in Health and Disease. Cell, Volume 161, Issue 1, 146 – 160
  2. Pfeifer, A., and Hoffmann, L.S. (2015). Brown, beige, and white: the new color code of fat and its pharmacological implications. Annu. Rev. Pharmacol. Toxicol. 55, 207–227.
  3. Vasanthakumar, A. et al. (2015) The transcriptional regulators IRF4, BATF and IL-33 orchestrate development and maintenance of adipose tissue-resident regulatory T cells. Immunol. 16, 276–285.
  4. Brestoff, J. R. et al. (2015) Group 2 innate lymphoid cells promote beiging of white adipose tissue and limit obesity. Nature 519, 242–246.
  5. Kohlgruber, A. C. et al. (2018)
 γδ T cells producing interleukin-17 regulate adipose regulatory T cell homeostasis and thermogenesis. Nat Immunol 19, 464-474.