banner_immuno2018
24 julho, 2012 • 11:39 Enviado por Gustavo Menezes

Depois de lançar armadilhas, eles se movem como um “estilingue”!!!!

 

Em 2004, o grupo do Dr. Arturo Zychlinsky publicou na Science que para
matar bactérias, os neutrófilos lançavam “armadilhas” feitas de enzimas
e de DNA para fora da célula (veja abaixo). Essas armadilhas foram
chamadas de NETs ( neutrophil extracellular traps). Foi uma revolução no
campo da imunidade inata e muitos grupos começaram a trabalhar com NETs
em vários contextos. No congresso em Quebéc ( The Neutrophil in
Immunity, junho desse ano) pode-se ver uma grande atenção aos estudos
com NETs… se elas são formadas in vivo, se são feitas de DNA nuclear ou mitocondrial (ou uma mistura deles), se podem ser marcadores de doenças…
Fonte: Neutrophil Extracellular Traps Kill Bacteria

Science
5 March 2004:

Vol. 303

no. 5663

pp.

1532-1535

DOI:
10.1126/science.1092385 


algumas semanas, um outro artigo curioso sobre o comportamento de
neutrófilos foi publicado por um outro grupo muito bom ( Dr. Klaus Ley).
Ao ler esse artigo, o primeiro ímpeto que eu tive foi de rir!!! O que é
tão engraçado (pelo menos pra mim), é como a “vida imita a vida”… 
Explicando:
imagine que você esteja em uma enxurrada e tivesse que resistir ao
fluxo enorme de água que tenta te empurrar. Para resistir a esse fluxo,
algumas estratégias “adesivas” podem ser necessárias, como se agarrar em
alguma coisa, ou até mesmo se amarrar enquanto caminha até a margem.
E parece que os neutrófilos fazem isso muito bem. Neste último artigo, os autores mostraram que para resistir às enormes forças de cisalhamento dentro dos vasos sanguíneos, os neutrófilos lançam algumas projeções celulares
como se fossem um estilingue ( “slings” ). Essas projeções formam uma
espécie de “tapete adesivo” para que então o neutrófilo “role” de
maneira mais segura e firme. Depois de rolar sobre este tapete, eles
novamente lançam essas projeções, aumentando assim as forças adesivas e a
resistência ao fluxo.
O artigo é bem curto (uma letter), então é bem fácil de ler.

Ah!!!
A foto da sandália imitando um estilingue é uma carinhosa homenagem às
Mulheres Imunologistas que tanto têm contribuído para a ciência mundial
(não estou querendo lançar moda!)

  • Adorei, Gustavo. vou ler o artigo. E acho que a sandália periga pegar hein?… bj

  • GK

    Parabéns pelo post!!!! Muito didático… Pensei: será que única funçao dos slings é tentar evitar cisalhamento dentro dos vasos sanguíneos?

    • Olá! Obrigado pelo interesse. Há alguns anos eu já havia visualizado em uns dos meu vídeos de microscopia intravital a formação desses então batizados "slings". Eu acredito que, vendo como os neutrófilos usam essas projeções para se locomover, que a função principal seria de fato a adesão mais firme ao vaso. O que vc tem em mente? alguma função microbicida? Abraços!! Gustavo

  • GK

    Talvez quimiotático de chamar mais células para o local… Microbicida acho que não.
    Abs