banner_immuno2018
9 janeiro, 2018 Enviado por Comunicação PESQUISA

Nova técnica utiliza células de defesa geneticamente modificadas para combater o HIV

Estudo publicado na PLOS Pathogens está desenvolvendo técnica que utiliza células de defesa geneticamente modificadas para combater o HIV.

Na pesquisa Long-term persistence and function of hematopoietic stem cell-derived chimeric antigen receptor T cells in a nonhuman primate model of HIV/AIDS, os pesquisadores realizaram a produção de células-tronco sanguíneas capazes de dar origem a células CAR-T com “encaixes” para a molécula CD4.

As moléculas de defesa geneticamente modificadas pelos pesquisadores também se ligam ao CD4. Dessa forma, quando o HIV se prende à essa estrutura, as CAR-T ativam o sistema imunológico, e o vírus invasor é destruído.

Leia a matéria original completa publicada na Folha de S.Paulo, clicando aqui.

Confira o estudo publicado na PLOS Pathogens aqui.

banner-abcam-sbi