banner_immuno2018
19 dezembro, 2017 Enviado por Comunicação OPORTUNIDADES

Oportunidade de Pós-Doutorado com bolsa do INCT

O Projeto “Estudo do papel dos inflamassomas na infecção pelo Zika Virus no Sistema Nervoso Central (SNC) utilizando culturas organotípicas de hipocampo” está com processo seletivo aberto para bolsa de pós-doutorado pelo INCT.

O candidato selecionado desenvolverá um modelo de culturas organotípicas de hipocampo murino para avaliar a participação dos inflamassomas na infecção pelo Zika Virus no SNC.

As culturas organotípicas de hipocampo preservam a diversidade de tipos celulares, a organização tridimensional, parte dos circuitos sinápticos, a fisiologia e a distribuição de receptores de neurotransmissores, constituindo um modelo promissor para avaliar os efeitos da infecção com Zika Virus nas populações de células progenitoras, neurônios, astrócitos e microglia. Uma vez que os complexos inflamassomas estão envolvidos no controle de uma série de infecções, iremos avaliar a sua participação no SNC durante a infecção pelo Zika Virus, utilizando camundongos deficientes nas moleculas participantes desses complexos.

No decorrer do projeto, o candidato deve ter a disponibilidade de passar os primeiros seis meses do projeto na FIOCRUZ – BH, onde aprenderá a produzir as culturas organotípicas murinas e a cultivar e quantificar o vírus Zika para, em seguida, avaliar o efeito da infecção viral em parâmetros epigenéticos das células hipocampais empregando métodos de imunohistoquímica/microscopia confocal e Biologia Molecular. Os estudos das culturas organotipicas em animais deficientes para moléculas dos inflamassomas serão desenvolvidos na UNIFESP – SP.

ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS PELO BOLSITA:

  1. cultivar vírus Zika;
  2. quantificar vírus Zika;
  3. estabelecer modelo de infecção por vírus Zika em cultura organotípica de hipocampo murino;
  4. executar e analisar experimentos de imunohistoquímica/microscopia confocal e Biologia Molecular a partir de amostras de culturas organotípicas;
  5. desenvolver projeto imunidade inata/epigenética Zika em camundongos;
  6. estabelecer paralelo entre estudos com células humanas e de camundongos. 

REQUISITOS:

  • Doutorado em Imunologia ou área correlata;
  •  Disponibilidade para desenvolver parte do projeto em BH e SP.
  • Experiência na área comprovada por publicações de artigos em revistas internacionais revisadas por pares;
  •  Capacidade de comunicação oral e escrita na língua inglesa.

 

Os interessados devem enviar o CV Lattes, carta de recomendação e objetivo da candidatura para kbortoluci@gmail.com e roney.s.coimbra@minas.fiocruz.br até 30 de janeiro de 2018.

banner-abcam-sbi