Ana Maria Caetano de Faria é escolhida para o SBI Women in Science Award 2019
31 de agosto de 2019
COMPARTILHAR Facebook Twiter Google Plus

No poema “Poeta”, publicado em 2007, Ana Maria Caetano de Faria diz: “já sonhei todos os delírios para merecer o título”. Agora, suas realizações como cientista lhe garantem outro mérito: ela é a vencedora deste ano do SBI Women in Science Award, concedido pela entidade a mulheres de destacada atuação na imunologia brasileira.

Professora de Imunologia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) desde 1995, a vencedora do SBI Women in Science Award deste ano é uma mulher de grandes questionamentos – como convém aos cientistas, mas também aos poetas. Formada em Medicina pela UFMG, dedicou sua vida à pesquisa e nunca chegou a clinicar. Já na faculdade, interessou-se pelas questões que a medicina ainda não havia respondido, e mergulhou no universo em muito inexplorado da imunologia.

Logo após concluir a graduação, iniciou seu mestrado em Microbiologia, também na UFMG, emendando doutorado em Imunologia na Universidade de São Paulo (USP) e pós-doutorado na Harvard Medical School, nos Estados Unidos. Tornou-se professora titular do Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da UFMG, no Departamento de Pós-graduação em Bioquímica e Imunologia, e desenvolve pesquisa em sua área de formação, com foco em imunologia de mucosas, imunologia da nutrição, tolerância oral e imunobiologia do envelhecimento.

“A imunologia tradicionalmente tem construído seu conhecido em torno da investigação de doenças infecciosas e da resposta do sistema imune contra agentes estranhos. Nós investigamos as atividades das células imunológicas em situações naturais, fisiológicas, onde não existe doença: os eventos naturais relacionados ao sistema imune”, explica. Como exemplos, a pesquisadora cita os impactos da dieta e como o envelhecimento, que transforma todo o organismo, repercute no sistema imune.

Para a pesquisadora, a premiação é um reconhecimento das dificuldades pelas quais todas as mulheres passam para se destacar na ciência. “Apesar de sermos responsáveis por grande parte da produção científica, ainda há muito a ser superado para que as mulheres ocupem lugares de maior destaque na comunidade acadêmica. Sinto-me honrada, mas há muitas outras conciliando a carreira com a maternidade, a administração da casa, o cuidado com a família, ainda em muito delegado à mulher”, afirma.

Em paralelo à ciência, Ana Caetano também faz e vive poesia. “A entrada no universo poético foi via movimento estudantil, dentro da universidade, onde conversávamos sobre autores e livros e fazíamos uma poesia coletiva, incorporando elementos do cotidiano, como a política, o humor e o amor”, conta. A ciência e a poesia ocupam lugares distintos em sua vida, diz a pesquisadora e artista. “Não queria ser a melhor poeta entre os imunologistas e a melhor imunologista entre os poetas.”

 

 

Publicou os livros de poemas “Levianas” (1984), “Babel” (1994) e Quatorze (1997). Participou da coordenação dos projetos Temporada de Poesia (1994), em comemoração aos 100 anos de Belo Horizonte; Poesia Orbital (1997), coleção de livros de 60 poetas da capital mineira; e do disco Cacograma (2001). Foi coeditora da revista Fahrenheit 451 e do jornal de poesia Dez Faces (2007-2008). Participa como colaboradora do jornal de poesia Inferno (1998) e do jornal cultural Letras do Café (2008).

O SBI Women in Science Award será entregue durante o Immuno 2019, congresso anual da SBI, entre 29 de setembro e 2 de outubro, em Florianópolis (SC). Mais informações no site oficial do evento: sbicongressos.com/immuno2019/awards/women-in-science-award.

Usuário
PUBLICADO POR
comunicação sbi
CATEGORIA DO COLABORADOR
ver todos os artigos desse colunista >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS
Edital para o Programa de Auxílio a Eventos da SBI - 2020 - 1o. Semestre
comunicação sbi
17 de novembro de 2019
Pesquisadores traçam panorama dos estudos em ensino de imunologia no Brasil
comunicação sbi
12 de novembro de 2019
Imunologia brasileira no congresso da IUIS, na China
comunicação sbi
30 de outubro de 2019