Nota da Sociedade Brasileira de Imunologia sobre a importância da vacinação
02 de setembro de 2020
COMPARTILHAR Facebook Twiter Google Plus

A Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI), entidade que congrega os principais imunologistas brasileiros e afiliada à International Union of Immunological Societies, reforça a importância da vacinação, pois ela é um dos maiores progressos da área biomédica na prevenção e controle das doenças infectocontagiosas.
O programa de vacinação é uma das estratégias entre as que mais impactaram na saúde pública nos últimos 100 anos, reduzindo drasticamente o número de óbitos por doenças infecciosas. A vacinação serve para evitar uma doença ou minimizar seus efeitos em um indivíduo. Atualmente, temos vacinas contra a tuberculose, difteria, tétano, febre amarela, poliomielite, sarampo, caxumba, rubéola, hepatite B, papiloma vírus, entre outras. Estas vacinas salvam milhões de vidas, tendo grande impacto social e na economia mundial. 
Portanto,  não é surpresa que as vacinas tenham emergido como a grande esperança no controle da Covid-19. Dessa forma, cientistas de todo o mundo estão em busca de mais informações e avançando rapidamente em novas tecnologias, e também nos testes clínicos de potenciais vacinas contra o Sars-CoV-2. Caso uma vacina com alta eficácia seja aprovada e venha a ser distribuída, poderá ter grande impacto controlando a transmissão do novo coronavírus e permitindo a regularização de nossas atividades do dia a dia. Para isto é fundamental uma grande aderência a uma possível campanha nacional de vacinação.
Em agosto, a Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI) publicou uma Nota Técnica sobre o desenvolvimento e eficácia de vacinas para a Covid-19: https://bit.ly/notavacinasbi
A SBI reitera que, de forma geral, a vacinação é fundamental para a redução de casos de diversas doenças infecciosas em toda a população; e mais uma vez, se coloca à disposição do Ministério da Saúde e de quaisquer outras instituições.
 
02 de setembro de 2020.
Sociedade Brasileira de Imunologia
 

Este documento está disponível para download: neste link

Usuário
PUBLICADO POR
SBI Comunicação
CATEGORIA DO COLABORADOR
ver todos os artigos desse colunista >
OUTRAS NOTÍCIAS
A medula óssea do crânio e de vértebras são fornecedoras de células mielóides para meninges
Vânia Bonato
10 de julho de 2021
Mastócitos caminham até a luz dos vasos sanguíneos, onde secretam seus grânulos diretamente na circulação para promover o recrutamento de neutrófilos em um processo inflamatório
Vânia Bonato
07 de julho de 2021
Bactérias intestinais do bem: metabolismo microbiano da L-tirosina protege contra a asma!
Vânia Bonato
02 de julho de 2021