Vacina em teste contra a Covid-19: O imunologista Daniel Mansur comenta os resultados apresentados pela Moderna
18 de novembro de 2020
COMPARTILHAR Facebook Twiter Google Plus

Na última segunda-feira (16), a farmacêutica norte-americana Moderna apresentou os resultados da sua vacina em teste contra a Covid-19. O pesquisador Daniel Mansur, professor de imunologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e membro do Comitê Científico da Sociedade Brasileira. de Imunologia, explica estes resultados:

“A vacina em teste, baseada em RNA mensageiro que expressa a proteína Spike do SARS-CoV-2, apresentou uma eficácia de 94,5%. A análise interina foi baseada em 95 pacientes que tiveram Covid-19. Um comitê independente verificou que destes, 90 estavam no grupo que recebeu o placebo. Além disso, onze dos voluntários apresentaram uma forma grave de Covid-19 e nenhum deles pertencia ao grupo vacinado.

Aproximadamente 30 mil voluntários receberam a vacina no ensaio clínico fase III e até o final do estudo a eficácia da vacina pode mudar. Os resultados são comparáveis aos da vacina da Pfizer/BioNTech, que apresentou uma eficácia de 90%.

Diferente do imunizante da Pfizer/BioNTech, também baseado em RNA, que precisa ser armazenado a -70°C, a vacina em teste da Moderna pode ser armazenada por até um mês a 4°C. Assim como a Pfizer, as informações foram apresentadas pela Moderna em uma coletiva de imprensa e os dados ainda não foram revisados por pares”.

Usuário
PUBLICADO POR
SBI Comunicação
CATEGORIA DO COLABORADOR
ver todos os artigos desse colunista >
OUTRAS NOTÍCIAS
O post do SBlogI que virou colaboração internacional sobre a dinâmica do HLA-G
11 de novembro de 2020
As vacinas ainda são problemas
Nelson Vaz
29 de outubro de 2020
Dois vídeos
Nelson Vaz
22 de outubro de 2020