Estudo avalia inflamação na COVID-19 grave em indivíduos com diabetes
08 de outubro de 2021
COMPARTILHAR Facebook Twiter Google Plus

Desde o início da pandemia, já se sabia que o Diabetes mellitus era um fator de risco para a forma grave da COVID-19. No entanto, os mecanismos envolvidos nessa evolução eram pouco conhecidos. Diante disso, um grupo de pesquisadores avaliou se a inflamação crônica de baixo grau induzida pelo diabetes estaria envolvida no agravamento da COVID-19. Os cientistas analisaram dados clínicos e amostras de sangue de pacientes com e sem diabetes internados com o SARS-CoV-2.

 

Liderado pela pesquisadora Natália Tavares (Fiocruz-Bahia), o grupo avaliou os mediadores inflamatórios e células mononucleares para análise da expressão gênica. A pesquisa foi publicada na revista científica Diabetes.

Os resultados indicam que a diabetes pode induzir um perfil pró-inflamatório nas células circulantes do sistema imunológico com aumento da expressão dos genes ACE2 e ALOX5, tornando-as mais propensas à invasão do novo coronavírus.

“Nossa pesquisa identificou que diabéticos com COVID-19 apresentam aumento na expressão de ACE2/TMPRSS2 (receptor do vírus SARS-CoV-2) e ALOX5 (enzima que produz leucotrieno B4) em células mononucleares do sangue periférico em comparação com não-diabéticos com COVID-19. Os níveis de leucotrieno B4 na circulação dos diabéticos também é maior quando comparados com não-diabéticos, sugerindo que o diabetes induz um estado pró-inflamatório mais exacerbado na COVID-19, com potencial aumento na susceptibilidade à infecção. Mais importante, o aumento na expressão desses genes foi predominante nos pacientes diabéticos em necessidade de assistência em UTI, que apresentam maior grau de lesão pulmonar e tempo de doença. Em conjunto, nossos achados sugerem que o aumento na expressão de ALOX5 e consequente níveis sistêmicos de leucotrieno B4 são mecanismos envolvidos no agravamento da COVID-19 em diabéticos”, explica a pesquisadora Natalia Machado Tavares.

> O artigo está disponível no link: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/34417262/

 

Autores: Icaro Bonyek-Silva, Antônio Fernando Araújo Machado, Thiago Cerqueira-Silva, Sara Nunes, Márcio Rivison Silva Cruz, Jéssica Silva, Reinan Lima Santos, Aldina Barral, Pablo Rafael Silveira Oliveira, Ricardo Khouri, C Henrique Serezani, Cláudia Brodskyn, Juliana Ribeiro Caldas, Manoel Barral-Netto, Viviane Boaventura, Natalia Machado Tavares.

Usuário
PUBLICADO POR
SBI Comunicação
CATEGORIA DO COLABORADOR
ver todos os artigos desse colunista >
OUTRAS NOTÍCIAS
A ORQUESTRA DAS PLAQUETAS: reprogramando células T reguladoras e macrófagos M2 na resolução da inflamação pulmonar
Vânia Bonato
04 de outubro de 2021
A sinalização de anafilatoxinas favorece o processo de maturação da afinidade
Vânia Bonato
29 de setembro de 2021
Linfócito T folicular regulador (TFR) – um novo protagonista na progressão tumoral via restrição da eficácia do tratamento com anticorpos contra PD-1
Vânia Bonato
24 de setembro de 2021