Democratizando a microscopia no Brasil - Projeto de imunologista brasileiro é selecionado em chamada da fundação Chan Zuckerberg
08 de dezembro de 2021
COMPARTILHAR Facebook Twiter Google Plus

O projeto “Democratizando a microscopia no Brasil” do imunologista Gustavo Menezes (UFMG) está entre as iniciativas selecionadas para financiamento da Chan Zuckerberg Iniciative (CZI) - entidade criada por Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, e sua esposa, a pediatra Priscilla Chan, que incentiva a ciência e ações educacionais e filantrópicas.

O projeto, liderado pelo imunologista Gustavo Menezes junto com o professor Heitor Paula-Neto (UFRJ), pretende identificar e visitar grupos de pesquisa de todo o Brasil oferecendo treinamento para o uso da microscopia intravital (IVM). 

A ferramenta permite visualizar dinâmicas de fenômenos biológicos em indivíduos vivos (in vivo), com uma altíssima resolução de imagem, capaz de permitir uma perfeita visualização de fenômenos biológicos – como por exemplo um processo inflamatório ou uma infecção - dentro de animais ainda vivos. Esse método é considerado um dos mais próximos que se pode chegar de uma realidade biológica, quando comparado, por exemplo com técnicas histológicas ou métodos in vitro, ou seja, realizado fora de um organismo vivo.

Com a meta de chegar aos 26 estados do país, a equipe também vai ensinar soluções de baixo custo, como pequenos ajustes ou reparos capazes de melhorar o desempenho dos microscópios.

Saiba mais na matéria publicada no site da UFMG: clique aqui

Usuário
PUBLICADO POR
SBI Comunicação
CATEGORIA DO COLABORADOR
ver todos os artigos desse colunista >
OUTRAS NOTÍCIAS
Terapia com células-tronco de tecido adiposo: uma nova alternativa para as manifestações vasculares na esclerose sistêmica
SBI Comunicação
21 de dezembro de 2021
A ORQUESTRA DAS PLAQUETAS: reprogramando células T reguladoras e macrófagos M2 na resolução da inflamação pulmonar
Vânia Bonato
04 de outubro de 2021
A sinalização de anafilatoxinas favorece o processo de maturação da afinidade
Vânia Bonato
29 de setembro de 2021