Estudo identifica mecanismo de ação relacionado ao desenvolvimento de dor neuropática associada ao tratamento do câncer
16 de setembro de 2022
COMPARTILHAR Facebook Twiter Google Plus

Um grupo de pesquisadores do Centro de Pesquisa em Doenças Inflamatórias (CRID) da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP), identificou mecanismo ligado ao desenvolvimento da dor neuropática grave associada ao uso combinado de dois medicamentos - o paclitaxel e os inibidores dos pontos de controle da resposta imune (anti-PD1/anti-PD-L1) - utilizados no tratamento do câncer de pulmão e mama. O artigo foi publicado na revista Cancer Immunology Research.

A pesquisa mostra que um dos medicamentos - os inibidores de ponto de controle imunológico (anti-PD1/anti-PD-L1) - bloqueia uma interação entre a proteína ligante PD-L1, presente em uma célula do sistema imune chamada macrófago, com outra proteína, o receptor PD-1, encontrado nos neurônios periféricos. Essa interação é responsável por inibir o desenvolvimento da dor neuropática iniciada pelo paclitaxel, assim, o seu bloqueio acaba exacerbando o desenvolvimento desse efeito colateral.

Os resultados obtidos nesta pesquisa podem impactar na estratégia de uso combinado desses medicamentos. Além disso, a identificação dessa interação neuroimune entre macrófagos e neurônios como um mecanismo de controle da dor, pode abrir a perspectiva de investigar essa interação em outras neuropatias.

> Saiba mais na matéria publicada pelo CRID: clique aqui.

O artigo está disponível neste link.

 

Autores: Carlos Wagner S. Wanderley; Alexandre Maganin; Beatriz Adjafre; Atlante S. Mendes; Conceição Elidianne. Aníbal Silva; Andreza Urba. Quadros; João Paulo Mesquita. Luiz; Camila Meirelles S. Silva; Nicole R. Silva; Francisco F. Oliveira; Francisco Isaac F. Gomes; Jeferson Leandro J. Restrepo; Cesar A. Speck-Hernandez; Fernanda Turraça; Gabriel Victor Lucena. Silva; Glauce R. Pigatto; Helder I. Nakaya; José Maurício Mota; Romualdo Barroso Sousa; José C. Alves-Filho; Thiago M. Cunha; Fernando Q. Cunha.

Usuário
PUBLICADO POR
SBI Comunicação
CATEGORIA DO COLABORADOR
ver todos os artigos desse colunista >
OUTRAS NOTÍCIAS
DE CABELO EM PÉ: células T reguladoras e glicocorticoides colaboram para a manutenção do folículo piloso
Vânia Bonato
14 de setembro de 2022
Nova temporada da vacina de gripe: saiba todos os spoilers
SBI Comunicação
27 de abril de 2022
As vacinas tão no grau, mami!
SBI Comunicação
26 de abril de 2022