Pesquisa identifica novo alvo terapêutico para o tratamento da sepse
20 de janeiro de 2022
COMPARTILHAR Facebook Twiter Google Plus

Um grupo de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e colaboradores identificaram uma nova estratégia para prevenir complicações associadas à sepse. O trabalho foi conduzido no Centro de Pesquisa em Doenças Inflamatórias (CRID) - sediado na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP) - e os resultados foram publicados na revista científica Blood.

O grupo de pesquisadores identificou que uma proteína chamada Gasdermina-D pode estar envolvida no processo de lesão de órgãos em pacientes sépticos. A pesquisa apontou ainda que um medicamento originalmente indicado para tratar dependentes de álcool pode ser capaz de inibir a ação da molécula e prevenir complicações.

Parte dos experimentos foi realizada com leucócitos isolados de pacientes com sepse internados há 24 horas – sendo 12 homens e 12 mulheres. As análises feitas em microscópio confocal mostraram as NETs sendo liberadas in vitro por grande parte dessas células. Os testes também indicaram que nos neutrófilos dos pacientes havia uma grande quantidade de gasdermina D na forma ativa – assim como foi observado nos neutrófilos isolados de camundongos sépticos.

Saiba mais sobre o estudo na matéria publicada pela Agência Fapesp: neste link.

O artigo está disponível no link.

 

Autores: Camila Meirelles S. Silva, Carlos Wagner S. Wanderley, Flavio P. Veras, Fabiane Sonego, Daniele C. Nascimento, Augusto V. Gonçalves, Timna V. Martins, David F. Cólon, Vanessa F. Borges, Verônica S. Brauer, Luis Eduardo A. Damasceno, Katiussia P. Silva, Juliana E. Toller-Kawahisa, Sabrina S. Batah, Ana Letícia J. Souza, Valter S. Monteiro, Antônio Edson R. Oliveira, Paula B. Donate, Daniel Zoppi, Marcos C. Borges, Fausto Almeida, Helder I. Nakaya, Alexandre T. Fabro, Thiago M. Cunha, José Carlos Alves-Filho, Dario S. Zamboni, Fernando Q. Cunha.

Usuário
PUBLICADO POR
SBI Comunicação
CATEGORIA DO COLABORADOR
ver todos os artigos desse colunista >
OUTRAS NOTÍCIAS
DE CABELO EM PÉ: células T reguladoras e glicocorticoides colaboram para a manutenção do folículo piloso
Vânia Bonato
14 de setembro de 2022
Nova temporada da vacina de gripe: saiba todos os spoilers
SBI Comunicação
27 de abril de 2022
As vacinas tão no grau, mami!
SBI Comunicação
26 de abril de 2022