Anvisa aprova ampliação de uso da vacina CoronaVac para crianças e adolescentes de 6 a 17 anos
21 de janeiro de 2022
COMPARTILHAR Facebook Twiter Google Plus

Ontem, 20 de janeiro, a Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, por unanimidade, o uso pediátrico da vacina Coronavac.

A autorização de uso emergencial para a inclusão de nova faixa etária em bula foi concedida especificamente para o público entre 6 e 17 anos, crianças e adolescentes não imunocomprometidos, baseada em estudos realizados em diversos países, como China e Chile, e apresentados pelo Instituto Butantan no processo.

Para esse público a dose aprovada do imunizante, produzido a partir de vírus inativado, é a mesma usada para adultos (600 SU em 0,5 ml), com um intervalo de 28 dias entre a primeira e a segunda aplicação.

No decorrer do processo foram avaliados estudos clínicos de fase I e II, dados preliminares dos estudos de eficácia, segurança e imunogenicidade (fase III) realizados com 14 mil crianças em cinco diferentes países, e de estudos de efetividade (fase IV) realizados com milhões de crianças no Chile. As evidências científicas disponíveis até o momento sugerem que há benefícios e segurança para a utilização da vacina na população pediátrica.

 

Saiba mais no site da Anvisa: neste link.

Usuário
PUBLICADO POR
SBI Comunicação
CATEGORIA DO COLABORADOR
ver todos os artigos desse colunista >
OUTRAS NOTÍCIAS
A face oculta da inflamação na tuberculose: o papel surpreendente dos interferons do tipo I
SBI Comunicação
29 de maio de 2024
Imunidade antitumoral pode ser potencializada por células dendríticas clássicas do tipo I via STING
SBI Comunicação
24 de abril de 2024
Linfócitos T CD4+: até que ponto eles nos auxiliam a controlar a doença de Chagas?
SBI Comunicação
17 de abril de 2024