banner_immuno2018
3 agosto, 2018 Enviado por Comunicação POLÍTICA CIENTÍFICA

Nota em repúdio ao corte no orçamento da Capes

São Paulo, 03 de agosto de 2018

 

Ao Excelentíssimo Senhor
ROSSIELI SOARES DA SILVA
Ministro de Estado da Educação

 

Nota em repúdio ao corte no orçamento da Capes

A Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI) repudia o corte de despesas para o Ministério da Educação (MEC), que tornará insustentável a situação orçamentária já em muito preocupante da Educação e Ciência brasileira. Tal medida atingirá diretamente os Programas de Fomento da Capes, o que pode acarretar na suspensão do pagamento de 93 mil bolsas de estudo a partir de agosto do próximo ano para alunos de mestrado, doutorado e pós-doutorado.

No Ofício enviado pelo Conselho Superior a previsão de cortes impactará mais de 100 mil bolsistas de três programas destinados a formação de professores: Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), Programa de Residência Pedagógica e Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor). Além de paralisar o Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) e os mestrados profissionais do Programa de Mestrado Profissional para Qualificação de Professores da Rede Pública de Educação Básica (ProEB).

Caso a medida não seja revista, todos os níveis de conhecimento e formação serão atingidos. O que na prática significa que haverá menos pesquisas e menos contigente profissional, entre docentes e pesquisadores. Um agravo direto ao desenvolvimento e à soberania do país, bem como à sua capacidade de autogestão.

A Sociedade Brasileira de Imunologia encara como urgente a reavaliação da previsão orçamentária e cortes.

 
No aguardo de efetivas resoluções,

Claudia Ida Brodskyn
Presidente da Sociedade Brasileira de Imunologia

banner-abcam-sbi